quarta-feira, 17 de junho de 2009

amo pincéis

Vcs sabem que estou sofrendo com a ausência do meus sumidos pincéis perdidos no meio das caixas de mudança.

Então resolvi fala deles .
Como cuidar , guardar , utilidade e tudo o mais .
Fui pesquisando por ai e vou colocar algumas coisas que sei deles .
Os pincéis de pintura são usados para a aplicação de tinta ou pintura.


São produzidos usualmente pela fixação dos pêlos ao cabo por uma cinta metálica, a virola.

Um bom pincel é metade do trabalho

Na hora de escolher um pincel procure sempre o melhor para cada tipo de tinta e superfície. Além de facilitar o trabalho, o resultado final ficará muito melhor.

Um pincel é composto dos seguintes componentes o pêlo, virola e o cabo com impressão.

O pêlo é a parte mais importante do pincel. Dependendo do fim a que se destina, a qualidade e o preço, diversos tipos de pêlo são empregados.

Geralmente trata-se de pêlo de origem animal, apesar que durante o último decênio o uso de fibras sintéticas aumentou.

Qualquer um dos tipos de pêlo tem qualidades diferentes, dando ao pincel seus próprio carácter.

Na Pintura Artística - Os tipos mais utilizados são os chatos, redondos e ovais chatos.

Os feitos com pêlo de porco. Por serem mais duros são ideais para espalhar a tinta em grandes áreas de tela.

Já os de pêlo de marta são indicados para pequenos detalhes. E são bem caros

Pincéis de pintura podem têm dois formatos básicos:
  • Redondo:Os pêlos longos, arranjados de forma compacta, este tipo de pincel permitem reter mais tinta que outros pincéis de mesmo tamanho, mas com formato diferente. Por isso que muitos artistas preferem-no para colorir grandes áreas.
  • Chato:Espalham melhor a tinta.

Vários tipos de pincéis são utilizados para pintura:Chato longo (Stroke) Chato curto (Short Bright) Quadrado (Bright) Plano (Flat) Língua de gato (Filbert) Chanfrado (Angular) Leque (Fan) Trincha (Paint brush) Trincha longa (Spalter) Pelenesa (Gilder's Tip) Redondo (Round) Redondo curto (Spotter) Redondo longo (Liner) Ponta chata (Showcard) Chanfrado (Striper) Pituá (Mop) Broxa ou Batedor (Stencil) Gafo (Pipe)

Dicas Importantes

  • Para uma melhor empunhadura, prefira os pincéis de cabo de madeira crua ao invés do de plástico ou de madeira pintada.
  • Pincéis de corte angular são excelentes para recortes precisos em superfícies próximas, como molduras de janelas.
  • Pincéis com cerdas sintéticas são mais adequados para tintas à base de água.
  • Pincéis com cerdas naturais são indicados apenas para tintas à base de solvente.

O tamanho dos pincéis usados por pintores e decoradores de ambiente é dado em milímetros (mm) ou polegadas (in), referentes ao tamanho da cabeleira.

Os pêlos podem ser naturais ou sintéticos.

Pêlos naturais são preferidos para pinturas a óleo e vernizes, enquanto que os sintéticos são melhores para tintas à base de água, pois as cerdas não se expandem quando umedecidas.

Os cabos podem ser de madeira ou plástico; as cintas de fixação das cerdas são metálicas, geralmente de aço niquelado

Que tipo de pincel devo usar?

Para melhores resultados use sempre pincéis de boa qualidade. A qualidade do pincel tem um efeito direto na qualidade do acabamento e na facilidade com a qual a tinta é controlada e aplicada.

Pincéis mais grossos proporcionam um filme de tinta mais espesso e uniforme, portanto com uma maior cobertura e durabilidade. Uma aplicação uniforme é mais resistente à sujeira ou à contaminação por fungos e algas.

Pincéis e Formas
O pincel é projetado, desenvolvido e fabricado para uma utilização específica.

Um pincel é composto dos seguintes componentes:o pêlo, a virola e o cabo com impressão.

O pêlo é a parte mais importante do pincel.
Dependendo do fim a que se destina, a qualidade e o preço, diversos tipos de pêlo são empregados.
Geralmente trata-se de pêlo de origem animal, apesar que durante o último decênio o uso de fibras sintéticas aumentou.

Qualquer um dos tipos de pêlo tem qualidades diferentes, dando ao pincel sua característica especifica .

Os pêlos podem ser naturais - qualquer cabelo macio ou cerda animal, como de porco ou marta – ou sintéticos, geralmente filamentos de nylon extrudado.

Os pêlos naturais mais utilizados: marta Kolinsky (os mais caros e raros), marta vermelha, doninha, marta russa, orelha de porco, texugo, mangusto, quati, esquilo, orelha de boi, camelo, pônei (para pincéis escolares), de cabra (para pincéis baratos e de maquiagem) e crina de cavalo (somente para escovas).

Vejam cada tipo e seu uso mais comum:
  • Pêlo de Marta Vermelha Kolinsky - Do rabo da marta vermelha Kolinsky, que vive na Sibéria do Norte, extrai-se a melhor qualidade de pêlo para fazer pincéis para aquarela. O pêlo garante uma absorção excelente de água e tinta, e é sinônimo de elasticidade e longa vida útil. A vantagem da sua grande capacidade para absorver água é a possibilidade de pintar grandes superfícies sem que seja necessário molhar o pincel repetidas vezes na tinta. O feixe de pêlo do Kolinsky tem uma ponta formidável; indispensável para quem deseja pintar detalhes muito miúdos.
  • Pêlo de Marta Vermelha - Pincéis fabricados deste tipo de pêlo também dispõe de uma grande capacidade de absorção de água e tinta, uma elasticidade ótima e uma longa vida útil. Com o pêlo de marta vermelha igualmente permite a formação de um feixe em forma de uma ponta perfeita. Pincéis de pêlo de marta vermelha geralmente são empregados para aquarela, mas também serve para trabalhos com gouache, aquarela líquida, etc. Além disso, os pincéis são muito apropriados para pintar detalhes com acrílico e óleo. As vantagens são quase iguais às dos pêlo Kolinsky. Só você mesmo pode notar a diferença e o preço é menos salgado que o anterior. particularmente nunca usei nenhum dos dois por motivo óbvios - custo

  • Pêlo de Esquilo - O rabo do esquilo russo ou canadiano fornece uma espécie de pêlo que se distingue pela sua maciez e capacidade de absorção.Este tipo de pêlo (muitas vezes chamado de "Petit gris pur") é empregado quase exclusivamente para aquarela e seda.É famoso pelo seu caráter suave, e grande capacidade de absorção de água.Muito próprio também para lavar a pintura, como quando se faz um céu repleto de nuvens.
  • Pêlo de Porco Chinês branqueado (Hog Bristle) - Pêlo de excelente qualidade. De origem chinesa, de uma raça de porco que vive na província Chunkim.Este tipo de pêlo dispõe de certas características supremas: é duro mas ao mesmo tempo macio e elástico.Além disso, tem uma capacidade boa de absorção de tinta e é extremamente resistente ao desgaste. Características indispensáveis quando pintar com cores acrílicas ou óleo.

  • Pêlo de Porco - O pêlo de porco muitas vezes é branqueado e, geralmente, é razoavelmente rígido e tem uma boa capacidade de absorção e resistência ao desgaste.Pela sua longa vida útil é muito usado nas escolas para pintar com gouache, acrílico, etc. Esse eu tenho

  • Pêlo de Orelha de Boi - Este pêlo é fornecido em várias cores ( a saber: preto, castanho claro e escuro) e geralmente é usado como uma alternativa econômica para o pêlo de marta vermelha. Suas características são: uma boa capacidade de absorção de água, elasticidade razoável e longa vida útil. Pincéis feitos com esta espécie de pêlo podem ser empregados independente do tipo de tinta. Tb tenho

  • Filamento Sintético - A escassez de pêlo de marta fez com que, no decorrer dos anos, houvesse várias tentativas de desenvolver uma espécie sintética de pêlo. A meta era um pincel com as mesmas qualidade que o de marta vermelha, mas com um preço mais econômico. Nos anos setenta foram alcançadas as primeiras tentativas com sucesso.Atualmente, fibras de polyester com uma ponta muito fina foram desenvolvidas. Sua características aproximam-se à qualidade do pêlo de marta vermelha, as características como elasticidade e resistência ao desgaste também são comparáveis às do pêlo de marta vermelha. Graças à sua ponta perfeita e longa vida útil, os pincéis de filamento sintético são apropriados para muitos tipos de tinta. adivinha senão tenho... claro que sim
Em geral, os pincéis têm tamanhos especificados por números, embora não haja padrão exato para suas dimensões físicas.
Os cabos fabricados em série são de madeira crua não-tratada; cabos de melhor qualidade obtêm-se com madeira de lei tratada.

A madeira é selada e laqueada para dar ao cabo um alto brilho e acabamento à prova d'água, que protege contra sujeira e inchamento.

Os cabos curtos servem para aquarela, guache e nanquim, enquanto que os cabos longos destinam-se a tinta a óleo e acrílica.

O seus comprimento depende da finalidade para qual está sendo usado. Mas o mais importante na verdade é a sua preferência!

As virolas, cintas metálicas que prendem as cerdas ao cabo, podem ser de alumínio polido, latão cromado, niquelado ou acobreado, cobre, níquel ou aço niquelado.

A Impressão dá a indicação quanto ao número, marca e série do pincel que comprou. Quanto maior o número, mais pêlos o pincel tem.

Assim, sempre achará um pincel que combina bem com seus estilo de pintar. Usará sempre outros pincéis, dependendo da fase de acabamento em que se encontra o seu trabalho.

Quais procedimentos seguir antes de realizar uma pintura com pincel ?

Antes de realizar uma pintura com tinta base água, o pincel deve ser lavado com água. Caso a pintura seja com tinta base solvente, deve-se repetir o processo descrito acima, utilizando solvente.

Qual o melhor pincel para pinturas com verniz?

As referências 250 (Linha Seda de cerda preta),355 (Linha Soft de cerda branca), 396 (Linha Média de cerda branca),419 (Linha Dupla de cerda branca) 619 (Linha Comfort de cerda branca) são as mais indicadas para pinturas com verniz, pois suas cerdas ultra macias contribuem para o fino acabamento que o verniz exige.
A limpeza

A limpeza correta de pincéis é feita da seguinte maneira :

  • Assim que terminar de pintar limpe toda a tinta do pincel com o solvente apropriado.

  • Depois disso o pincel deve ser sacudido e enxugado com um pano
  • Então ele deve ser bem lavado com água morna e um sabão comum (um bom exemplo é o sabão de coco). É importante que todos os traços do sabão sejam enxaguados.

  • Pincéis que ficaram com tinta e endureceram podem ser limpos com removedor de tinta, mas têm sua vida útil encurtada.

  • Para deixar os seus pincéis sempre em ordem, depois de limpar bem com solvente, dê mais uma ou duas lavadas nos fios com detergente líquido puro eu uso shampoo infantil ( mais sou meio maluca então não conta...)

  • No caso da pintura em acrílico mais simples é o uso de água e secagem em um pano. Se houver tempo, o uso do sabão é indicado, mas é importante que o pincel seja bem enxaguado. (limpeza rápida durante a sessão de pintura )

  • No caso da pintura a óleo, retira-se a tinta acumulada em um recipiente com terebentina ou aguarrás e enxuga-se o pincel com um pano. (limpeza rapida )

  • Para secar o pincel, agora limpo, o mergulhamos em um recipiente com acetona ou benzina.Depois ele deve ser bem enxaguado e enxugado com um pano. A acetona lava a terebentina e seca quase instantâneamente. O pincel fica pronto para o uso - particularmente não recomendo muito agressivo mas funciona

Manutenção e limpeza de pincéis artísticos

Para assegurar ótimos resultados e extensa vida útil de seus pincéis sugerimos aplicar as seguintes regras além das anteriores :

  • Sempre limpe os pincéis imediatamente depois do uso.

  • Remova o excesso de tinta com um pano macio menos agua e cuidado com o planeta
  • Certifique-se que a tinta e/ou médium não permaneçam na parte dos filamentos junto à virola:

  • Nunca deixe os pincéis apoiados sobre os pêlos ou cerda.

  • Com os dedos, dê a forma original no pincel depois de lavado.

  • Se deseja guardar os pincéis e for utilizá-los novamente após um bom tempo, certifique que os mesmos estejam absolutamente limpos e secos.

  • Guarde-os em um recipiente (caixa fechada) para evitar a umidade, pois eles podem mofar.
  • Nunca deixe a tinta secar na cerda ou pêlo do pincel.
  • Caso ocorra o fato, remova a tinta com o solvente apropriado.
  • Remover óleos ou alquídicos de seus pincéis sugerimos o uso de aguarrás Após esse processo passe o pincel em um papel para certificar que estão limpos

  • Pincéis que foram usados para pintura em tinta acrílica devem ser lavados imediatamente em água fria, pois o acrílico seca rapidamente.

  • Nunca limpe os pincéis com água quente.

  • Para tintas solúveis em água (Acrílicos, Guaches etc...) basta lavá-los em água e sabão neutro, exaguando-os bem.b) para outras tintas (Óleo, Alquídicas, etc...), remova-as com o seu próprio solvente (aguarrás, terebintina, etc...).

  • Em seguida, lave-os em água e sabão neutro. Enxágüe-os bem.

  • Enquanto úmidos, com suavidade, amolde a ponta dos pincéis entre os dedos.

  • Deixe-os secar naturalmente à temperatura ambiente, apoiando-os pelo cabo

  • Não utilize água quente para limpeza dos pincéis, pois poderá remover os óleos naturais dos filamentos, diminuindo sua vida útil

  • Use o diluente adequado para cada tipo de tinta, e após, lave sempre c/ agua e sabão

  • O uso de shampoo ou cremes condicionador melhoram a limpeza dos pincéis eu faço sempre .
  • arrume as cerdas com um pente, umedeça-os com óleo vegetal e guarde-os enrolados em papel impermeável.

Guardando os pincéis

Alguns artistas mantém seus pincéis suspensos em líquidos, mas se deve tomar o cuidado de evitar que suas pontas toquem em qualquer lugar, pois as cerdas ficarão tortas.


Uma caixa fechada é o jeito mais seguro de guardar os pincéis, mas cuidado: traças adoram marta vermelha e visom, entre outros componentes. Por isso, se forem ficar guardados por muito tempo, coloque cânfora ou naftalina na caixa com os pincéis.


Guarde os pincéis, protegendo os pelos com um pedaço de tubo plástico.
Mantenha sempre os pincéis bem limpos com removedor, aguarrás ou thiner, dependendo do tipo de tinta que se está utilizando.

bjs

Amábile ama pincéis - chega a ser compulsiva


2 comentários:

lioness disse...

É surpreendente o cuidado necessário para mantê-los. São instrumentos de trabalho importantíssimos.

Márcia disse...

Menina que esta votação vai ser um "pega-pra-capar" heim !!! rsrsrs
Beijim

mais vistos